O Crosslinking corneano é considerado um dos procedimentos mais modernos para o ceratocone – uma doença ocular progressiva que atinge a córnea, causando alterações na sua espessura, que é moldada a um formato semelhante ao de um cone.

Trata-se de um procedimento cirúrgico pouco invasivo, que permite reduzir ou até mesmo cessar a progressão da doença de forma bilateral.

Continue lendo o artigo e saiba mais sobre esse tratamento! 

Para que serve o Crosslinking Corneano? 

O intuito do Crosslinking é aumentar a estabilidade e resistência das fibras da córnea, através da combinação do colírio com riboflavina (vitamina B2) associado à luz ultravioleta (UVA). Desse modo, há um enrijecimento das fibras de colágeno, evitando a progressão da doença.

O procedimento é caracterizado por ser rápido e indolor, sendo esse realizado sob aplicação de colírios anestésicos. Já o pós-operatório envolve a administração de medicamentos e acompanhamento médico.

Quem deve realizar o Crosslinking Corneano?

O Crosslinking corneano é um dos tratamentos indicados para o Ceratocone em progressão. Em alguns casos, ele pode ser associado à outras técnicas como o implante de anel intraestromal.

Em casos avançados, no entanto, o crosslinking pode não ser a melhor opção e, em alguns casos, o transplante de córnea torna-se uma possibilidade.

Para todos os casos, o paciente deve realizar avaliação com um oftalmologista especialista em córnea antes e depois da cirurgia, a fim de receber o diagnóstico, tratamento e recuperação de forma adequada. 

Onde realizar o procedimento de Crosslinking? 

O Centro Oftalmológico Città (Oftalmo Città), localizado no Rio de Janeiro (RJ), possui toda a tecnologia e estrutura necessárias para realizar seu procedimento de Crosslinking

Contamos com profissionais altamente qualificados para promover um atendimento humanizado desde a sua avaliação até o procedimento cirúrgico e acompanhamento no pós-operatório.

Agende sua consulta conosco!

Whatsapp: (21) 2493-8561

E-mail: contato@oftalmocitta.com.br