O astigmatismo é um erro refrativo que pode impactar na sua capacidade de enxergar tanto de perto, quanto de longe. Outra característica comum em quem sofre com esse problema ocular é a baixa qualidade da visão noturna. Riscos nos faróis do carro, halos em torno dos postes de luz, são alguns dos sintomas proporcionadas pela doença. Neste artigo, você entenderá o motivo pelo qual isso acontece e o seu devido tratamento.

O que é o Astigmatismo?

Essa complicação ocular acomete um número alto da população mundial! A causa encontra-se no formato irregular da córnea do paciente, provocando o erro refrativo capaz de distorcer a luz que chega aos olhos.

Em locais com baixa luminosidade, uma visão normal é capaz de enxergar apenas um ponto de luz em seu perfeito estado, sem alterações ou riscos. Observe na imagem abaixo, como deformação causada pelo astigmatismo permite observar múltiplos pontos focais ao direcionar a visão aos pontos de luz.

Por que a visão noturna é afetada?

Apesar do astigmatismo diminuir a capacidade de focar imagens em qualquer hora do dia, durante a noite o problema é maior pois os pontos luminosos dos faróis, lâmpadas, semáforos e etc., sofrem distorções pelo erro refrativo, levando à um desconforto maior.

Quais os sintomas?

Não é somente o astigmatismo que provocar alterações na visão noturna. Outros problemas oculares como miopia, catarata, glaucoma e ceratocone também são capazes de impactar a qualidade da visão em ambientes com pouca luz. Porém, ao surgirem os sintomas abaixo, procure o quanto antes o seu oftalmologista para ter uma análise completa da saúde dos seus olhos.

– Os objetos com fonte de luminosas podem parecer borrados ou confusos
– As luzes podem ter halos em sua volta
– Os pontos de luz podem ter mais brilho que o normal
– O estrabismo se intensifica para ver com mais nitidez

Qual o tratamento?

Somente o médico oftalmologista poderá te indicar o melhor tratamento para sua situação! Por isso, realizar o exame visual de rotina, é indispensável para manter a saúde ocular em dia.

Dentre os possíveis tratamentos, o oftalmologista poderá indicar óculos de correção ou lentes de contato, cirurgias refrativas, implantes de anéis estromais (anel de Ferrara) e etc.

Lembre-se, se acostumar com o astigmatismo pode colocar sua segurança em risco ao realizar atividades em ambientes escuros ou até mesmo dirigir. Sendo assim, ao apresentar os sintomas, procure seu médico especialista!

Ficou interessado em marcar uma consulta? Tem alguma dúvida? Entre em contato pelo telefone ou WhatsApp: (21) 2493-8561.