O desenvolvimento do bebê tem relação direta com sua saúde ocular. Devemos estar atentos ao desenvolvimento visual do bebê. A visão se desenvolve nos dois primeiros anos de vida e precisamos acompanhar essa evolução e tratar problemas precocemente para evitar sequelas permanentes.

Importância do Teste do Olhinho

Logo após o nascimento o bebê deve ser submetido ao “Teste do olhinho” ou TRV (Teste do Reflexo Vermelho). No Brasil, a realização deste exame na maternidade é obrigatória.

O Teste do Olhinho é de extrema importância para a detecção precoce de alterações como glaucoma, catarata ou retinoblastoma, permitindo a intervenção imediata e um tratamento efetivo.

Em caso de dúvida, esse teste deve ser repetido por um oftalmologista após a alta.

Como a visão do bebê se desenvolve?

No primeiro mês: consegue perceber a luz e fecha os olhinhos ao ser exposto diretamente à um feixe de luz.

No segundo mês: é comum dar início ao contato visual, desperta atenção por objetos brilhantes, além de conseguir focar no rosto da mãe.

No terceiro mês: o neném passa a reagir à exposição de cores e altos contrastes. É capaz de identificar feições comuns em seu cotidiano, e começa a responder através de expressões faciais.

No sexto mês: a visão já esta mais desenvolvida. O bebê consegue focar pessoas, objetos e imagens a diferentes distâncias consegue fixar por mais tempo.

Somente aos 2 anos de idade o sistema visual está totalmente maduro e a criança apresenta visão nítida.


Qual o papel dos pais nos cuidados com a visão da criança?

Os pais precisam levar o bebê ao oftalmologista para que uma avaliação completa seja realizada e problemas sejam tratados precocemente. O ideal é que a primeira avaliação seja realizada por volta dos 3 meses de vida. Caso não haja nenhum problema que necessite de tratamento e acompanhamento, uma nova consulta deve ser realizada antes dos dois anos de idade.

A ambliopia, também conhecida como olho preguiçoso, normalmente não causa qualquer sintoma. Por isso recomenda-se que toda criança antes dos dois anos de idade seja avaliada por um oftalmologista para um exame oftalmológico completo. O tratamento da ambliopia consiste no uso de óculos e tampão para estimular o desenvolvimento visual do “olho preguiçoso”.

Além disso, deve-se evitar ao máximo a exposição a telas como celulares e tablets. Recomenda-se que antes dos dois anos de idade a criança não seja exposta a estes aparelhos. Tem se observado que crianças que ficam muito tempo expostas a telas a uma distância próxima têm maior risco de desenvolvimento de miopia e estrabismo.

Recomenda-se também pelo menos 3 horas de atividades ao ar livre. A exposição a luz solar com proteção (chapéu/ sombra/ óculos de sol) ajuda no desenvolvimento visual e previne o aparecimento de miopia.

Ficou interessado em marcar uma consulta? Tem alguma dúvida? Entre em contato pelo telefone ou WhatsApp: (21) 2493-8561.