A cirurgia de correção de grau pode ser a solução para diversas pessoas que têm problemas para enxergar e sonham em deixar de usar óculos ou lentes de contato. Na maioria dos casos é possível realizar o tratamento cirúrgico a laser.

O primeiro passo é consultar o seu médico para que os primeiros exames sejam feitos.

O médico saberá informar sobre qual tipo de cirurgia é mais indicada para o seu caso.

Atualmente é possível tratar miopia, hipermetropia e astigmatismo, assim como alguns casos de presbiopia.

Quais exames são necessários?

Nenhuma cirurgia refrativa (para correção de grau) acontece sem exames. Eles têm o objetivo de verificar a curvatura e espessura da córnea. A tomografia da córnea é um dos exames mais importantes, justamente porque revela se a córnea do paciente é adequada para fazer a cirurgia. Além disso, o exame da retina é parte importante da avaliação pré-operatória.

Se você usa lentes de contato por muito tempo é importante interromper o uso por um tempo (pelo menos 7 dias) antes de realizar os exames. O uso prolongado das lentes de contato pode interferir na curvatura da córnea, impedindo a avaliação adequada.

A preparação para a cirurgia

Não é necessário nenhum preparo especial para a cirurgia refrativa. Utiliza-se colírio anestésico para que o paciente não sinta dor.

Neste procedimento não é possível sedação pois o paciente precisará olhar para uma luz durante o tratamento.

O pós-operatório

O pós-operatório é relativamente tranquilo, pois não é necessária internação. Após o procedimento, recomenda-se não ter contato com água (mar, piscina, lagoa, sauna) por 1 mês, não coçar os olhos e utilizar corretamente os colírios recomendados pelo oftalmologista para evitar infecção e inflamação

Gostou do conteúdo e ficou interessado em marcar uma consulta? Tem alguma dúvida? Entre em contato pelo telefone ou WhatsApp: (21) 2493-8561
www.oftalmocitta.com.br